Twitter anuncia “Super Follows” e espaços pagos no Spaces

Segundo o Twitter, a ideia é ir além de cobrar por tuítes exclusivos e oferecer outras vantagens relacionadas, como “tira-dúvidas”, bate-papo ou mentorias individualizadas, por exemplo

Com o intuito de atrair mais usuários e gerar mais receitas, o Twitter anunciou duas novidades: a primeira é o “Super Follows”, uma assinatura paga que dará acesso a conteúdos exclusivos para os usuários, e os Ticketed Spaces, uma espécie de ingresso para salas de áudio específicas.

Segundo o The Verge, os novos recursos do Twitter começarão a ser liberados para um primeiro grupo de pessoas que se candidatarem a testadores das ferramentas. A princípio, o foco serão criadores de conteúdo. Até o momento, não havia formas de ganhar dinheiro diretamente no Twitter, o que fez com que a rede fosse vista como algo secundário pela maioria dos influenciadores digitais.

Os usuários interessados em acessar as novidades precisam ter um dispositivo iOS. O Twitter informou que fará testes com esse grupo inicial de testadores antes de disponibilizar os recursos de forma mais ampla, evitando assim bugs e problemas de compatibilidade.

Super Follows

O Super Follows funciona como a Twitch, com uma assinatura mensal, o valor será revertido em dinheiro para o dono do perfil. Ele permite que os criadores de conteúdo ofereçam benefícios extras ou exclusivos para quem assinar os planos, com valores entre US$ 2,99, US$ 4,99 e US$ 9,99 — ainda não se sabe quanto vai custar no Brasil.

Segundo o Twitter, a ideia é ir além de cobrar por tuítes exclusivos e oferecer outras vantagens relacionadas, como “tira-dúvidas”, bate-papo ou mentorias individualizadas, por exemplo. Por enquanto, o serviço é restrito apenas a maiores de 18 anos e residentes nos Estados Unidos. Só pode se candidatar quem tiver pelo menos 10 mil seguidores e 25 tuítes nos últimos 30 dias.

Spaces

O Ticketed Spaces funciona para criar eventos pagos pela plataforma de áudio do Twitter. O objetivo é promover conversas com formatos parecidos com podcasts e outros formatos compatíveis com o papo por voz. Os valores praticados por uma sessão podem variar entre US$ 1 e US$ 999, a critério do organizador, sendo possível delimitar também a quantidade máxima de participantes.

Recentemente, o Facebook anunciou o lançamento de uma ferramenta parecida com o Clubhouse e Twitter Spaces. Chamada Live Audio Room, a plataforma ainda abriu o recurso para ouvir podcasts em sua própria rede, para concorrer com Spotify – que anunciou a Spotify Greenroom na semana passada – e com a Apple.

As inscrições para o Ticketed Spaces serão abertas a usuários nos Estados Unidos, com pelo menos 1.000 seguidores e que tenham realizado pelo menos três conversas no Spaces nos 30 dias anteriores ao pedido.

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on pinterest

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit, sed do eiusmod tempor incididunt ut labore et dolore

Receba notícias em primeira mão

Coloque seu email abaixo

Captcha obrigatório
Seu e-mail foi cadastrado com sucesso!

Somos contra SPAMs e mensagens não autorizadas